terça-feira, 6 de julho de 2010

Ensaio 2

E assim, ele a levou num lugar especial, que ele adorava estar e se sentiabem sempre, esqueceu as tristezas e os medos, acariciou o cabelo de sua amada e disse coisas lindas, se preocupando sempre se ela ia considerar aquelas palavras como as ultimas que ele dizia, ou como se fossem unicas.
Suas expessoes eram as mais serenas possiveis, sem se exaltar, mudava as expressoes faciais e mostrava pelas palavras e gestos o que aquela face queria dizer.
Foram chegando mais perto das pedras, e se encontram em um minimo olhar sincero, como ja haviam se encotrado antes, nessa hora ele sentiu-se alegre, entusiasmado, e feliz, nada aquela hora ia mudar as suas emoçoes, ele chegou a pensar que esse olhar encontrado foi algo unico, já que ele reparou que sua amada mostrava sinais de afeto e carinho.
A cada troca de beijos, o sentimento crescia e os pensamentos ficavam mais amplos, até chegou a pensar que no mundo só existiam ele e ela.
A frase estava prestes a ser dita e os corações entraram em calor absurdo, a cada batida acelerada dos coraçoes de ambos uma nova parte do desfecho estava apareçendo.
Sua boca abriu lentamente: seus olhos piscaram, como se fossem nunca mais fechar, ele fez isso com o proposito de não querer perder nenhuuma reação ou olhar dela em uma proxima troca de olhares.
O cenario era certeiro, especial e unico: pôr-do-sol e uma praia deserta com rochas e espumas fazendo um lindo contraste, até que ele se pronunciou:

"Querida, somos só eu e você agora, acho que esse momento é certo para dizer EU TE AMO!"

Após ter dito a frase, como se fosse automatico, seu olhar fechou, e sua mente congelou-se para gravar esse momento para sempre, sua amada o envolveu em um abraço quente e macio e suas maos acariciaram sua cabeleira jovial, até que ela disse em tom baixo, para somente ele ouvir e tudo fazer sentido: Eu tambem te amo.

2 comentários:

Srt . Vasconcelos disse...

Que texto lindo *-*

Paola! disse...

Muito, muito lindo mesmo *-*
Eu te amo!