segunda-feira, 7 de junho de 2010

I don't really know

Não sei por onde começar, ou terminar, enfim só sei o que esta acontecendo agora, já que foi rapido demais.
Perdi muitas das noçoes, muitas concepçoes da realidade naquela hora, pra falar a verdade me senti um trapo, jogado em um poço sujo e esquecido lá.
Alguns amigos me avisaram que isso poderia acontecer, agradeço todos vocês, de coração (se é que o mesmo ainda existe nesse sentido sentimental) nunca neguei, ou briguei contra a oposição, somente falava, deixa eu caminhar, uma voz me diz que isso comigo não vai acontecer, mesmo d'ela sabendo de minhas condiçoes e tudo mais, ela não seria tão inescrupula de realizar este feito.
Pois bem, aconteceu, sem esperar sequer o dia comemorativo passar, ou algo de interessante, o meu sentimento mais perfeito criado por mim, desmanchou-se sem dizer: estou indo embora, "fica aê".
Um vaso caro se quebrou, os fragmentos são muitos, mas até agora, não perdi nenhum deles, quando me recuperar, procurarei uma boa cola para eles e terei mesmo com rachaduras algo para contemplar denovo.

Mas eu sempre me perguntei depois do fatidico dia, ela se entregou totalmente?
de uma coisa eu sei, ela me fez feliz naquela epoca, pra que mentir iria esse fato? mas de uma hora pra outra, conheci um lado que eu naum achei que ela iria fazer contra mim, e de uma forma gigante, me esvaziou do sentimento felicidade.
Custava tentar esquecer, ou fazer algo para remediar isso, preferiria o fato de andar sozinho na estrada do que chegar no caminho e de uma forma cruel, ser abandonado.
Para que? eu me pergunto, para que isso? não fui suficiente? ou o homen perfeito? não tive competencia? te magoei? em alguma hora da nossa vida, deixei de te consolar? posso ter ocultado mil fatos, mas todos não se justificam, ou resumen em um só para o que aconteceu.
Esse post é sim um desabafo, tudo nas linhas escrito acima pode estar errados, ou você não pode concordar, mas é o que eu penso, e o que eu falei em certas conversas...

"Nunca te pedi nada em troca da mudança que você exigiu de mim, mas se você ainda tiver algum sentimento, bom ou ruim tanto faz, use isso para mudar, por que enfim, eu estou cobrando a minha parte dessa divida"

4 comentários:

Paola! disse...

Da mesma forma que a decepção vem, a mudança também pode vir. É só não esperar.

Vc escreve bem duck. :)

Srt . Vasconcelos disse...

Os ventos sopram e as coisas mudam,mesmo que essa mudança não seja de outra pessoa e sim SUA, aliás, a mudança sempre tem que começar com você não é mesmo?
É hora de por a vida em ordem e recomeçar, com alguém ou sem ninguém.

Anônimo disse...

Pois camarada, agora é hora de recomeçar, na verdade, nunca é tarde para recomeçar, deixe que o mundo mude você para aí então você tentar muda-lo, mas não se esqueça errar uma vez é humano, persistir no erro que é burrice meu caro!

Cristiano Junior disse...

(fui eu o de cima :s)Pois camarada, agora é hora de recomeçar, na verdade, nunca é tarde para recomeçar, deixe que o mundo mude você para aí então você tentar muda-lo, mas não se esqueça errar uma vez é humano, persistir no erro que é burrice meu caro!