segunda-feira, 19 de julho de 2010

eu sei lá

Porra, demorei mas fiz um post sobre isso e vou falar o que eu penso e o que me dá na telha sobre varios assuntos hoje.
Uma das coisas que me deixa revoltado é saber que existe gente burra nesse pais (maldita inclusão digital incorreta) sabe? burra mesmo, de não querer abrir a maldita cabeça para uma nova informação mesmo que seja minima, o fulano ta nem ai e pra ele tanto faz como fez se algum ganhar ou perder, ele ta na vida dele e ninguem pode mudar isso.
Esse tipo de gente é sempre aquela que cresçe num lugar onde tudo que é podre fica, seja por influencia dos pais ou por outras pessoas do bairro, e o que me da mais revolta ainda, é que ela se acha inabalavel e que nada pode alcançar ela, não da pra entender direito como ela fica nesse estado, mas acredita-se que tudo nos tempos de hoje favorenciam nesse crescimento.
O motivo pelo qual eu quis fazer um post sobre isso foi o fato de ser descriminado e taxado por muitas vezes, sendo que do que eu propriamente fui taxado, esta hoje sendo cobiçado por pessoas que nem sabem o inicio disse item.
Culpo muitas coisas por isso: o lugar onde eu moro, as pessoas que moram nele, e principalmente o estilo musical que elas ouvem.
Hoje tive uma conversa com a minha mãe, e percebi que ela me apoiou sobre eu me mudar daqui, citando que:

"Você tem um intelectuo grande e por isso precisa procurar pessoas que acompanhem o seu raciocionio, e aqui acredite, não é o lugar certo"


Gostei muito dessa citação vinda de minha mãe pois afinal, ela me apoiava para eu procurar pessoas que como eu, não criticassem coisas minimas, que tivessem fundamentos e uma expectativa de vida, pelo menos.
O lugar onde eu moro é nada mais que um lugar de "pessoas que vivem um hoje e que tão nem ai se o amanha chegar" e eu estou começando a ficar saturado de tudo isso, eu acredito que essa situação vai acabar logo, e que ninguem vai me impedir.
Se tem uma das coisas que eu não gosto é do tipo de pessoa que diz e não sabe ouvir, e quando ouve continua dando suas opinioes sem prestar atenção a minha opinião, sem contar aquelas que acham que quando você diz alguma coisa, ela tem que falar algo, unicamente para te humilhar ou então ridicularizar, tenho pavil curto especialmente para com essas e meto o soco sem pensar duas vezes.
Só preciso dizer mais uma coisa para finalizar: #juventudeperdidadocaralho

2 comentários:

Srt . Vasconcelos disse...

É... juventude perdida /fato.
Porém, aprender a conviver enquanto pode...

Paola! disse...

aprender a conviver enquanto pode... (dois votos)